Transhumanismo na assembleia do Liceu

No dia 8 de Novembro a Professora Dra. Sofia Reimão, Presidente do Núcleo de Lisboa da Associação dos Médicos Católicos Portugueses, veio à assembleia do Liceu falar sobre o tema do Transhumanismo.
Através de uma cativante exposição, deixou claros alguns pontos. Um deles é que, antes de mais, é importante fazer a distinção entre Ciência e Ideologia, e que os media manipulam muita da informação que é divulgada sobre o cérebro e o seu funcionamento.

A grande questão para a médica Neurorradiologista é que tudo aquilo que sabemos acerca do Universo, só pode ser devidamente interpretado à luz de uma determinada ideia sobre a vida. A pergunta que cada um deve fazer a si mesmo é “qual o verdadeiro significado da vida?”.

Outra questão que abordou foi o papel da doença na vida do Homem. Para responder a esta pergunta – diz – não basta «pormo-nos a cogitar sobre… É preciso ver o que sou chamado a fazer com a doença que tenho».

A Professora Dra. Sofia Reimão ofereceu-nos uma nova perspetiva sobre os assuntos que vão definir o futuro, não só da medicina, mas também em muitos outros setores da sociedade. O transhumanismo, o conceito de transcender a nossa condição humana (a nossa longevidade, inteligência ou bem-estar), aliando a tecnologia à nossa biologia, oferece novos avanços e melhorias à sociedade, porém também levanta uma série de questões éticas importantes, relativamente à nossa “humanidade”. Será aceitável terminar com o sofrimento? É a imortalidade algo desejável? Isto são tudo questões sobre as quais devemos refletir. Lourenço Santos (aluno 12.º ano)

Voltar